Voluntariado Corporativo: quais os impactos da prática?

Voluntariado Corporativo: quais os impactos da prática?

No trabalho voluntário, todos os envolvidos ganham, inclusive as empresas. Isso mesmo, as marcas podem e devem adotar esta prática, aderindo ao que chamamos de voluntariado corporativo, ou empresarial, que é de grande relevância para a comunidade e em especial às pessoas beneficiadas, assim como também gera impacto junto aos colaboradores e na reputação e clima de sua organização.

De acordo com o censo do Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial (CBVE), do qual o Instituto Algar faz parte, em 2021, cerca de 15% dos brasileiros que fazem algum trabalho altruísta estão engajados em iniciativas realizadas por empresas. O voluntariado corporativo tem sido uma porta de entrada para aqueles que querem praticar a solidariedade por meio da doação do tempo, trabalho e talento para o bem do outro. Inclusive, este formato tem alavancado o crescimento do voluntariado no país.

O que é o voluntariado corporativo?

Nas últimas décadas em que o trabalho voluntário cresceu e começou a conquistar seu espaço dentro do mundo corporativo. O desejo de contribuir com o desenvolvimento social e a busca pela geração de valor nas localidades em que estão inseridas, abriu espaço para as ações voluntárias orquestradas por empresas. Com toda certeza, o voluntariado corporativo foi alavancado pela disseminação de conceitos de responsabilidade social corporativa, investimento social privado e sustentabilidade.

Nessa perspectiva, o voluntariado corporativo é o conjunto de ações voluntárias planejadas e executadas por empresas, de forma organizada e articulada, como instrumento de apoio e atendimento das necessidades da comunidade, por meio da interação entre empresa, associados e beneficiários.

A diferença com o voluntariado tradicional é que há a necessidade de que o grupo de participantes seja ligado diretamente (sendo funcionários ou terceiros) ou indiretamente (familiares, ex-funcionários) a uma empresa para caracterizar como corporativo. O foco é envolver a equipe e outros públicos relacionados ao negócio.

Seja qual for o tipo, o voluntariado vai causar bons impactos. Mas no caso do corporativo quais os ganhos para cada parte envolvida?

Benefícios para a empresa

Para a empresa, o voluntariado corporativo é uma ferramenta estratégica para desenvolver pessoas, a comunidade e a própria organização. Dentre os benefícios observados nessa esfera podemos destacar:

– Fortalecimento da imagem institucional;

– Desenvolvimento de competências e habilidades dos colaboradores;

– Melhora do relacionamento com a comunidade e fortalecimento do pertencimento de colaboradores;

– Mais interação interna entre os colaboradores e melhora no clima organizacional;

– Contribuição para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) que visa envolver países, empresas e a sociedade civil no cumprimento de uma agenda de desenvolvimento para os próximos anos. O propósito é assegurar os direitos humanos, lutar contra a desigualdade, agir contra as mudanças climáticas, entre outros;

– Conformidade com práticas ESG, que por meio do seu pilar social, coloca em destaque a importância de empresas desenvolverem ações que impactam positivamente a comunidade. O tema vale toda atenção das organizações, afinal em uma pesquisa da PwC com investidores institucionais, 77% afirmam que planejam parar de comprar produtos não ESG nos próximos anos.

Benefícios para voluntários/colaboradores

Fazer o bem faz bem, e os números comprovam isso. Ainda de acordo com o levantamento Voluntariado no Brasil 2021, há um alto grau de satisfação dos voluntários pelas atividades realizadas. De 0 a 10, a nota foi 9,1.

Além de exercer a solidariedade, aquele que se doa por meio do trabalho voluntário também tem benefícios, como:

– Fortalecimento de soft skills (como versatilidade para lidar com adversidades, autoconhecimento, flexibilidade, resiliência por exemplo);

– Aumento do bem-estar e da saúde mental;

– Ampliação da rede de relacionamentos;

– Oportunidade para exercer a cidadania;

– Possibilidade de vivências novas experiências pessoais e profissionais.

Benefícios para a comunidade

É na comunidade que o impacto do trabalho voluntário é mais significativo, afinal o propósito da prática é justamente promover ações que beneficiem a sociedade. E dentre os benefícios observamos, principalmente:

– Apoio na solução de problemas da região em que a ação acontece;

– Melhora na autoestima das pessoas beneficiadas, que muitas vezes se sentem à parte da sociedade;

– Preparação das pessoas para buscar novos objetivos e conseguir sua evolução;

– Melhorias na qualidade de vida para o beneficiado, sua família e até a comunidade.

Enfim, ações voluntárias são uma ferramenta para contribuir com a transformação, ao menos em parte, da realidade difícil em que tantas pessoas se encontram. Algo que é até reconhecido pela população, pois uma pesquisa do Datafolha indica que nove em cada 10 brasileiros acham o trabalho voluntário importante.

Voluntariado no grupo Algar

Por meio do Instituto Algar, os associados das empresas Algar, podem participar de forma efetiva de ações voluntárias. Para isso, o primeiro passo é se inscrever no Portal do Voluntariado e estar disposto a doar tempo, trabalho e talento! São diversas iniciativas, que acontecem ao longo de todo o ano.

Atualmente, o Instituto conta com mais de 2.700 voluntários que fazem a diferença na comunidade, sendo que apenas em 2021, mais de 28 mil vidas foram impactadas com estas iniciativas. A gestora do programa de Voluntariado, Marthina Endo, explica como são realizadas estas ações. “Temos diferentes formatos de ações para que o voluntário Algar encontre aquela que melhor se adapta à sua disponibilidade para participar. Há ações contínuas, que visam contribuir com a formação de alunos de escolas públicas parceiras, por meio de atividades educacionais. Também há as ações pontuais, em que promovemos atividades partindo de uma necessidade específica da comunidade. Além disso, o voluntário tem a liberdade para propor ações específicas a partir de suas habilidades pessoais e do seu desejo de contribuir com a comunidade ao seu redor. Independente do formato, todo esforço e apoio é significativo e pode transformar a história de alguém”, reforça.

O Programa de Voluntariado do grupo Algar tem 19 anos e o Instituto Algar reforça a gratidão a cada um que se dispõe a fazer um mundo melhor, e a gestora deixa um convite a quem quer experimentar esta ação, que faz a diferença para quem pratica e recebe. “Primeiro agradeço a todos os voluntários Algar, que se doam para transformar a vida de outras tantas pessoas. Também faço um agradecimento especial a todos os nossos líderes e colíderes sociais, que são os responsáveis por gerenciar o voluntariado em suas respectivas localidades, o trabalho de vocês é fundamental e incrível! Além disso, deixo aqui um convite para aqueles que ainda não conhecem ou nunca participaram de uma ação voluntária. No dia 29 de setembro venham participar do nosso Encontro de Voluntários 2022 para conhecerem mais sobre o programa de voluntariado e se inspirarem na prática do bem”, afirma a gestora.

Encontro de Voluntários 2022

O Instituto Algar promove a edição deste ano do Encontro de Voluntários no dia 29 de setembro, das 9h às 11h30, no formato online e aberto à toda comunidade. Além de reunir os voluntários para trocar ideias e celebrar as conquistas das ações, qualquer associado do grupo Algar e pessoa interessada em conhecer mais sobre o voluntariado e o trabalho do Instituto, pode participar. O propósito com o Encontro Voluntários é também despertar na comunidade esse olhar para o voluntariado.

“O Encontro é um momento que reúne não só os voluntários que já participam das iniciativas, mas é uma oportunidade para que todos os associados Algar e a comunidade conheçam o programa de Voluntariado Algar e possam se inspirar e refletir sobre essa prática de fazer o bem”, conta a gestora.

Para participar, basta se inscrever pelo Sympla. O Encontro será transmitido pelo Youtube do Instituto Algar.