Notícias


04 Fev

Instituto Algar apoia o trabalho do Greenpeace e Alsol.

O Greenpeace está desenvolvendo um projeto que prevê a instalação de painéis solares em escolas públicas.

É uma forma de multiplicar esse tipo de conscientização na sociedade.

No Brasil, duas escolas receberão estes painéis, sendo uma de São Paulo e a outra de Uberlândia, a Escola Municipal Prof. Milton de Magalhães Porto, que fica localizada no bairro Segismundo Pereira é a que será beneficiada.

Estes painéis serão instalados nesta escola no mês de abril e o Greenpeace quer contar com a ajuda do Instituto Algar, para selecionar jovens de 18 anos ou mais, em um dos seus programas, para trabalharem na instalação destes painéis junto com a equipe técnica do fornecedor.

Os jovens selecionados antes da instalação receberão um treinamento técnico e, além disto terão outra formação para depois replicar este conteúdo de “consciência ambiental” dentro das escolas.

Ou seja, se tornarem multiplicadores solares.

A Alsol, empresa incubada do Grupo Algar de energia solar fotovoltaica é quem está fornecendo os tetos solares, e o Gustavo (diretor da Alsol), irá contratar um desses jovens na empresa. Dá uma olhada no vídeo do projeto.



Comentários