Incentivos Fiscais

Política de incentivos fiscais sociais, culturais e esportivos.

O Grupo Algar é constituído por empresas que possuem um grande potencial de incentivos fiscais, oriundos de impostos das leis de incentivo municipal (ISS e IPTU - Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Uberlândia), estaduais (ICMS - Lei Estadual de Incentivo à Cultura - Minas Gerais e São Paulo) e federais (Fundo da Infância e da Adolescência (FIA), Lei Federal de Incentivo à Cultura - “Lei Rouanet” e Lei do Esporte).

A área financeira da Holding é responsável por levantar o potencial das empresas Algar que podem contribuir com projetos nas áreas:

- Cultural

- De proteção à criança e ao adolescente em situação de risco

- De incentivo aos esportes

Feito o levantamento do potencial de incentivos fiscais, a área financeira reporta este valor ao Comitê Corporativo, que faz a prospecção de projetos aderentes às diretrizes.

Os projetos selecionados pelo Comitê Corporativo de Cultura para patrocínio podem ter caráter social, mercadológico ou proprietário. Os projetos sociais visam contribuir com o desenvolvimento das comunidades onde o Grupo Algar está inserido, possibilitando a ampliação do universo cultural da população local. Os projetos mercadológicos têm como objetivo fortalecer a marca Algar e possibilitar o estreitamento do relacionamento com os clientes. Os projetos proprietários são oriundos de solicitações dos acionistas, relacionamentos institucionais e projetos próprios.

A gestão dos incentivos fiscais é compartilhada entre o Instituto Algar, a Assessoria de Mercado e Comunicação e a Algar Telecom.

  • federal

    Federal

    Conheça as leis federais por meio das quais o Instituto Algar incentiva projetos de cultura e esporte.

    Veja Mais
  • federal

    Estadual

    Saiba como o Instituto Algar incentiva projetos em alguns estados brasileiros com a lei estadual.

    Veja Mais
  • federal

    Municipal

    São vários os projetos culturais incentivados pelo Instituto Algar por meio da lei municipal. Conheça essa lei.

    Veja Mais